quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Identidade

O local escolhido pelo grupo foi o Estádio Joaquim Américo, a Arena da Baixada. São vários os motivos. Ali é onde nos sentimos bem, com pessoas que tem o amor pelo futebol e pelo Atlético-PR em comum com a gente. Cada um ali tem sua vida, seus problemas, suas alegrias, suas tristezas... pode ser rico, pobre, bom ou mau. Ali durante os 90 minutos de jogo todos são iguais e estão lá por um mesmo objetivo: ver o time ganhar. Um dos gritos de guerra do Atlético diz "Só eu sei porque eu não fico em casa". E é essa a verdade. Todo mundo ali se entende... além da identificação com o lugar é uma identificação com as pessoas que estão lá.
Podemos encaixar nossa identificação na teoria de Stuart Hall por meio da tradição. O futebol é a paixão nacional, o esporte mais tradicional do país. Dentro da nossa paixão pelo futebol tem o nosso amor pelo Atlético, herdado dos nossos pais.

Alunas: Daniela Hendler e Rafaela Gabardo
Jornalismo, 4º período - Noite

Um comentário:

Celina Alvetti disse...

ok.
perspectiva dos estudos culturais de Hall (não teoria de SH)