sexta-feira, 9 de novembro de 2012


Cultura da Mídia e Celebridades

O antropólogo, filósofo e sociólogo francês Edgar Morin, possui vários estudos abordando a questão “Celebridades X Mitologia”. Para ele, as celebridades se colocam no mesmo patamar dos deuses do Olimpo, por isso, ele os chama de Olimpianos. Dessa forma, elevam suas vidas a um nível tal de estrelismo que podem ser considerados como deuses.
Com isso, os Olimpianos criam um mundo onírico e fantasioso para o resto da humanidade. Vivem uma vida dupla, meio real meio fantástica, já que também são pessoas comuns que precisam realizar suas tarefas “mundanas”.
Quando esses artistas morrem, continuam existindo como personagens no mundo imaginário, nas revistas, jornais, rádios ou programas de TV, que reproduzem suas músicas, repetem seus filmes, etc., fazendo dessa forma, com que sua presença permaneça nos meios de comunicação de massa e no imaginário das pessoas.
Como Olimpiano, podemos considerar artistas, playboys, líderes de opinião, entre outros. São pessoas que se destacam diante da sociedade passando a ser modelos de representações para uma vida. Alguns exemplos: família Huck, Sandy, Michael Jackson, The Beatles, entre outros.
Pessoas famosas, são aquelas que conseguem equilibrar beleza, heroísmo, sucesso financeiro e carisma. Morin propõe que as celebridades elaboram sua conduta privada de maneira comum. Nesse contexto, elas assumem e propõem aos seus públicos uma multiplicidade de papéis.
A indústria cultural aposta nos meios de comunicação e expande as celebridades da TV, produzindo seus heróis com a finalidade de construir celebridades rentáveis. Esses deuses criados e sustentados pelo imaginário ditam normas de consumo e, servem de sonhos e modelos, para a vida. Com isso, a grande massa cria para si uma vida imaginária, misturando sua realidade (que não é glamourosa), com a emoção de um filme, a paixão pelo seu cantor preferido e à satisfação de poder fazer de um célebre, seu ídolo.

Alunos: Mariana D. El-Fazary e Rodrigo de Lorenzi Oliveira.

Nenhum comentário: