sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Jean Baudrillard



 

Nasceu em Reins (França) 27/07/1939 e faleceu em Paris em 06/03/2007, Sociólogo, Filósofo, Poeta e Fotógrafo, que dedicou seus estudos a compreensão da sociedade de massa. Primeiro trabalhou com o consumo, expôs seu conhecimento no livro de sua autoria “O sistema de objetos” (1968) e depois no livro “A Sociedade de Consumo” (1970). Analisou aspectos como a indústria cultural e o consumismo que fascinam a população, massificando-a. “Não mais se pode compreender sociedades de classes sociais como tal, pois já teriam perdido a sua estruturação” (Jean Baudrillard). Na questão da mídia Baudrillard realizou diagnóstico da sociedade contemporânea, observou a extinção do real e fez reflexão sobre a tecnologia, demonstrou um novo foco: a reprodução. Segundo ele, o ambiente está contaminado com a mídia que sustenta este sistema, onde há dependência deste “feudalismo tecnológico”. Para o autor a “Hiper-realidade” é a capacidade de a mídia criar a realidade virtual sobre os indivíduos, substituindo a realidade. Criticou os impactos dos meios de comunicação e a sociedade de consumo. “As massas deixaram de serem vítimas da ordem social para passar a serem cúmplices que enriquecem esta ordem”. Segundo Jean, a tecnologia dos meios de comunicação de massa não consegue mais reproduzir uma realidade preexistente, ao contrário, produz o real.


Equipe: Diego Fernando Laska, Aline Valkiu, João Paulo e Raissa Melo

Nenhum comentário: