terça-feira, 5 de março de 2013

A Comunicação como Seleção - Niklas Luhmann

Segundo Niklas Luhmann, a comunicação e não a ação, como postulado em muitas teorias, é a unidade elementar que constitui os sistemas sociais. A ação é, na verdade, a unidade elementar que faz o sistema observável. Segundo Luhmann, a comunicação é compreendida como um processo de três diferentes seleções: a seleção da informação, a seleção da participação (´Mitteilung`) dessa informação e a compreensão seletiva ou não-compreensão dessa participação e sua informação (1995b: 115). 
Os conceitos acima mencionados são qualificados pelo autor nos seguintes termos: a informação é uma seleção feita a partir de um conjunto de possibilidades; a participação é a duplicação da informação numa forma codificada e a compreensão pressupõe a diferença entre os dois. O autor acentua ainda que a comunicação não é possível sem um estoque comum de sinais e uma codificação uniforme. Somente mediante a efetivação das três seleções acima mencionadas, realiza-se a comunicação, que é vista pelo autor como constituindo um sistema completo, circunscrito a si mesmo. 

SAMPAIOInês Sílvia Vitorino.Conceitos e Modelos da Comunicação. Ciberlegenda, Rio de Janeiro, nº 5, 2001

Equipe: André Wuicik, Gabriel Carriconde, Lucas de Abreu, Willians Castilho. Jornalismo - 3° Período, manhã.

Um comentário:

Celina Alvetti disse...

O conceito é bem trabalhado, cita as fontes. Seria melhor se fosse diretamente a fala do Luhmann, mas ok.