segunda-feira, 4 de março de 2013

Conceito de Comunicação

A palavra comunicação deriva do latim communicare, que significa "tornar comum", "partilhar", "conferenciar". A comunicação pressupõe, deste modo, que algo passe do individual ao coletivo, embora não se esgote nesta noção, uma vez que é possível a um ser humano comunicar consigo mesmo.
Geralmente, o conceito de comunicação aplica-se à troca de informações sob a forma de uma mensagem. Porém, também se pode aplicar à troca de bens e serviços ou até à troca de uma namorada por outra. A partilha de experiências, sensações e emoções é, igualmente, ato comunicativo. Uma série de pessoas caladas e imóveis, à noite, à volta de uma fogueira, estão a comunicar, porque estão a partilhar, a tornar comum uma experiência. Vê-se, assim, que informação e comunicação são conceitos diferentes. A comunicação suporta a informação, mas o inverso não é verdadeiro. Isto é, pode haver comunicação sem troca de informação, mas a troca de informação pressupõe a comunicação.
A comunicação é um processo. Como tal, é dinâmica, evolutiva. Para facilitar o estudo da comunicação, alguns teóricos estabeleceram modelos onde se propõem representar os atos comunicativos que pressupõem a troca de mensagens informativas.
O modelo clássico do processo de comunicação, derivado da Teoria da Informação, mostra o emissor a enviar uma mensagem a um recetor que possa não apenas percecionar mas também adquirir a mensagem. Isto pressupõe que o recetor possua não apenas capacidades que lhe permitam percecionar a mensagem, mas também que partilhe um código com o emissor, de forma a compreender, atribuir significado e adquirir a mensagem. Esta é veiculada através de um canal, onde pode haver interferências indesejáveis (ruído sobre a mensagem). Quando a mensagem não transporta informação nova, ela é redundante para o recetor. O ato comunicativo exposto acontece no âmbito de um determinado contexto e admite uma reação do recetor (retroação ou "feedback"), que pode ser, inclusivamente, a não integração ou a rejeição dos conteúdos da mensagem ou da própria mensagem.
  
comunicação. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2013. [Consult. 2013-03-04].

Alunos: Alana Freiberger, Bruna Catache, Jhenyffer Alves Borges. 

2 comentários:

Celina Alvetti disse...

As informações estão ok, mas o conceito não explicita um autor, além de ter como fonte a Infopedia.
por favor, façam outra postagem, com um conceito e um teórico.

Celina Alvetti disse...

ah, gostei da ilustração!