domingo, 3 de março de 2013

Conceito de Comunicação - Paulo Freire

Para o pedagogo Paulo Freire, a comunicação consiste em uma reciprocidade que não pode ser rompida: “Comunicação [é] a co-participação dos Sujeitos no ato de pensar (...) comunicação é diálogo na medida em que não é transferência de saber, mas um encontro de Sujeitos interlocutores que buscam a significação dos significados.” (FREIRE, 1971:67-9).
 
Em suas obras, Freire destaca os processos de comunicação como fundamental para a construção do conhecimento: “Somente o diálogo, que implica num pensar crítico, é capaz, também, de gerá-lo. Sem ele, não há comunicação e sem esta, não há verdadeira educação (...) A educação autêntica não se faz de A para B ou de A sobre B, mas de A com B, mediatizados pelo mundo” (FREIRE, 1970:98).
 
O pedagogo acredita que a educação está inteiramente ligada ao modo de como ela é repassada: “....não há inteligibilidade que não seja comunicação”. (FREIRE, 1996:42).
 
Eduardo Meditsch e Mariana Bittencourt Faraco (2002), O pensamento de Paulo Freire sobre Jornalismo.http://www.bocc.ubi.pt/pag/meditsch-eduardo-faraco-mariana-pensamento-paulo-freire.pdf
 
Equipe: Alessandro Pinheiro, Amanda Bedide, Guilherme Liça, Hellen Ribaski, Lara Farias e Rodrigo Dornelles
Jornalismo - Noite - 3º Período

Um comentário:

Celina Alvetti disse...

bacana a escolha do teórico.