segunda-feira, 17 de junho de 2013

A rotina de um assessor de imprensa

Entrevistamos, por e-mail, Karin Villatore, 41 anos, da Talk Assessoria de Comunicação. Segue uma síntese do que ela nos escreveu:

Ela é a diretora no Departamento de Assessoria. A equipe por ela e mais três jornalistas.
Sobre a rotina produtiva do seu dia-a-dia, Karin respondeu que começa, normalmente, às 08h30. Diz ser bastante organizada, faz planejamento para tudo e anota, absolutamente, tudo na agenda. Escreve que é difícil falar sobre a sua rotina produtiva, pois que não há rotina em uma agência de Assessoria de Imprensa. Num dia pode ter várias reuniões com clientes, em outros pode-se passar o dia em frente ao computador colocando pautas em dia, noutro ainda pode-se estar fora acompanhando entrevistas. Enfim, todos os dias são intensos. Termina o seu dia às 18h15, pois é também professora universitária e as aulas começam às 19h00.

Perguntada sobre quais mídias se serve para desempenhar o seu trabalho, ela responde que tudo vai depender do cliente, mas nenhuma mídia é menosprezada. A sua relação e de todos os demais da agência com a mídia diz respeito a todos os veículos.

Sobre os critérios que utiliza para selecionar uma notícia ela simplesmente deixa entender que antes de mais nada, algo a ser noticiado, precisa ser notícia. Ela tem presente que encaminhar para a imprensa uma sugestão meramente institucional/comercial sobre um cliente não vai trazer nenhum tipo de retorno, então, o que importa é ser uma notícia que possa realmente alavancar o interesse da veiculação junto aos jornalistas de redação.

Referente aos maiores desafios em atuar nessa área ela responde que é preciso ser versátil e muito bem organizado. E, diferentemente do que muitos pensam, é um trabalho árduo e intenso.

Grupo: Katiucy Binhara, Mário Spaki, Roberta Almeida e Stacy Barbosa.

Um comentário:

Celina Alvetti disse...

ok relato.
postagem atrasada...