sexta-feira, 14 de junho de 2013

A rotina produtiva de um jornalista

A rotina produtiva de um jornalista depende muito de sua função e o local onde atua. Para Napoleão de Almeida, jornalista do portal Terra, sua rotina depende muito das notícias do dia, pois o meio da internet está diretamente ligado a instantaneidade e requer agilidade na publicação dos fatos.
Napoleão diz que não existe uma regra com relação ao número de fontes entrevistadas, mas que é necessário ouvir os dois lados. “Temos que ouvir ambas as partes, mas não há uma obrigatoriedade de insistir em várias fontes se tiver o contraponto preenchido”, explica. Ele diz que seu trabalho consiste em transmitir diversos campeonatos de futebol, que na maioria das vezes são narrados por ele, e reportagens são produzidas a parte em seu blog no Terra. “Reportagem não é a minha prioridade. Isso eu faço no blog, que é do Terra, conforme minha disponibilidade. É um trabalho não remunerado”, diz o jornalista.
Muitos jornalistas tem suas matérias barradas pelo gatekeeper do seu local de trabalho, mas para Napoleão essa situação dificilmente existe, ele diz que nunca passou por isso pois sempre soube negociar o conteúdo das matérias com seu editor. “Nunca tive uma matéria barrada em nenhum lugar que eu trabalhei. Mas todo jornalista tem que negociar seu conteúdo com o editor. É natural do mercado”, afirma.

Grupo: André Wuicik, Lucas de Abreu e Willians Castilho - 3º período, jornalismo, manhã. 

Um comentário:

Celina Alvetti disse...

ok
uma pouco distinto da média dos depoimentos.