quinta-feira, 27 de março de 2014

Indústria Cultural

 O conceito de Indústria Cultural foi criado pelos filósofos e sociólogos alemães Theodor Adorno (1903-1969) e Max Horkheimer (1895-1973). Membros da Escola de Frankfurt, empregaram o termo pela primeira vez no capítulo O iluminismo como mistificação das massas no ensaio Dialética do Esclarecimento, escrita em 1942 e publicada em 1947. Para eles o conceito possui padrões repetitivos com intuito de formar uma estética ou percepção comum voltada ao consumo. E segundo a Escola de Frankfurt, a racionalidade encontrada na produção em série é a de dominação. Produção em série de jornais, revistas, filmes, música como na indústria de automóveis, por exemplo. Ocorrendo uma padronização da cultura. O indivíduo se torna objeto por conta do produto no contexto de marketing apenas satisfazer o desejo pelo consumismo e não pelo conhecimento. Com a reprodução da arte em grande escala e apenas com o objetivo de lucro faz com que perca seu verdadeiro significado, a transformando em mercadoria. 



Fotografia tirada em Abril de 1964 por Jeremy J. Shapiro. 
                           Horkheimer está em frente, a esquerda, Adorno em frente a direita.


  Mas há quem combata a ideologia dominante como o movimento da Contra-Cultura que teve início nas décadas de 1960-1970 e a população que opta por programas de TV a cabo e de cunho cultural.


Danielle Spielmann, Manoela Campos, Marina Oliveira,Verônica Alves.

segunda-feira, 17 de março de 2014

Teoria Funcionalista

A teoria funcionalista estuda as funções das mídias dentro da sociedade, e procura entender os conflitos que podem ser gerados pela mídia ao tentar suprir as necessidades dentro de uma sociedade. Trata-se de um estudo sociológico no setor de comunicação, principalmente sobre a mídia de massa. A teoria funcionalista estuda o equilíbrio entre indivíduos e veículos, e todo o sistema de transmissão de conteúdo englobado. Consiste resumidamente em definir a problemática das mídias de massa, a partir do ponto de vista do funcionamento da sociedade e da contribuição que essas mídias dão a esse funcionamento.

Alunos: Gustavo Vidal, Letícia Zan, Marjorie Coelho, Renata Fernandes.