sexta-feira, 23 de maio de 2014

FANBASES


O que são?
Fandom é uma palavra de origem inglesa (Fan Kingdom), que se refere ao conjunto de fãs de um determinado artista.
Aplicação
fandom é mais comum entre fãs de artistas e é aplicado geralmente na internet, entre os usuários que se prontificam a passar horas online discutindo sobre o tema e debatendo ideias diferentes. Eles se ajudam e chegam a marcar encontros para se conhecerem pessoalmente.

Atividades
Entre as atividades mais frequentes entre um fandom estão os cosplays, as histórias de ficção publicadas online (fanfics) e também fanarts. Além também de realizarem convenções e encontros para conversarem e discutirem sobre o artista.
Encontros
Virtualmente: Geralmente os "fandoms" se encontram em páginas que são criadas em homenagem ao ídolo, com função de informar e entreter outros fans. Nesse tipo de páginas pessoas do mesmo "fandom" se encontram virtualmente e conversam, além dos "haters", que "vigiam" as páginas para comentarem algo que não agrada o fã-clube.

Pessoalmente: Em páginas virtuais são marcados encontros de fãs do mesmo "fandom" em determinado local, são locais públicos ou privados.

Consumo
Esses grupos geram muito lucro à muitas indústrias.
Os produtos mais adquiridos por eles são: cds, dvds, revistas e camisetas.
Além disso, adquirem tickets de show, meet and greets, cinema, etc.

Pedro Seixas, 18 anos – fã de “One Direction”
Tudo começou quando ele viu o clipe de “one thing”, single da banda britânica, e se apaixonou. Ele também conta que sofre um pouco de preconceito por isso mas não é homossexual e não se importa pelo que dizem. Além disso, ele já foi em shows e possui um fã clube. Seu integrante favorito é o Zayn.
Fora o FC no twitter, Pedro possui vários produtos, como CDs, DVDs, camisetas, etc.

Rodrigo Cociello, 17 anos – fã de “Harry Potter”
Para ele, a história acaba sendo um refugio, um novo lar. Conheceu o filme através dos primos, mas não acompanhou muito porque era bem pequeno e não teve disposição para ler 7 livros. Rodrigo possui vários produtos da marca “Harry Potter”, como DVDs, revistas, pôsteres, e sempre participou de eventos relacionados.

Carolina Paz, 18 anos – fã de “Harry Potter”
Começou a ser fã de Harry Potter porque gostou dos filmes e queria estar no lugar das personagens. Identificou-se e inspirou-se na coragem e força de vontade de Harry, personagem principal.
Carolina sonha um dia poder ir ao parque do Harry Potter, em Orlando.

Layane Santos, 19 anos – fã de “Divergente” e “A Culpa é das Estrelas”
A culpa é das estrelas – Tornou-se fã por se familiarizar com a história, pois perdeu um amigo para o câncer. Conviveu com pessoas com o mesmo problema apresentado na história. Para ela, é um livro perfeito e com uma história que conquista a todos, independentemente da idade.
Divergente – “É uma história que mostra suas habilidades e que na qual exige uma escolha. Para isso, você precisa saber bem e ter certeza do que quer, ou pode se arrepender depois”.
Layane já planeja ir na estreia do filme e já mandou fazer uma camiseta com uma estampa de “A Culpa é das Estrelas”.
Conclusão
Fãs fazem de tudo para conhecer e defender seus ídolos. Correm perigo, enfrentam seguranças, brigam com outros grupos, além, é claro, de gastarem muito.

Guilherme Zuntini
Karen Loayza
Ana Pacífico
Ana Souza





Um comentário:

Celina Alvetti disse...

ok, bem informativa, ouve receptores.