segunda-feira, 2 de junho de 2014



Tribos Urbanas- Emos


Emo é a abreviatura de Emotional Hardcore, termo que foi originalmente dado às bandas do cenário punk  anos 80’. Na qual possuía uma lirismo muito nítido em letras e melodias. Após os anos essa tribo se desenvolveu rapidamente fazendo sucesso em Londres nos anos 2000 com o estilo “From Uk” e “Hispters”, mas foi aqui no Brasil que o estilo ficou popularmente conhecido.

Cenário Brasileiro
Em 2004 o cenário musical nacional era mais voltado para o rock alternativo denominado Emotional Hardcore, o estilo não só musical começou a dominar as passarelas, as vitrines com o xadrez tradicional- Branco e preto-, roupas escuras, maquiagem pesadas, cabelos repicados, vocabulário, demonstração de afeto ao extremo em publico. Em suas redes sociais o drama do sentimentalismo tomava conta. Esse estilo fazia a cabeça de pré adolescentes de 11 anos a adolescentes de 18 anos.
O estilo e a música ficaram marcados por conta de bandas como Nx Zero e Fresno. Já em meados de 2008 e 2007 o gênero ficou marcado para o “Happy rock”, intitulado emos coloridos, com a banda cine e restart. Jovens começaram a usar e abusar de cores vibrantes com ferencias do pop dos anos 70’ nos estados unidos e do estilo rock de Londres dos “From Uk”.  

Cidadania 

Fisicamente, podemos reconhecer um Emo do passado pela franja a tapar um olho com o cabelo sempre esticado e de preferência preto; os olhos pintados de preto; as calças justas e de cores escuras; as t-shirts de bandas ou de padrões ás riscas maioritariamente nos tons de vermelho, branco e preto. O cintos de taxas, as luvas com os dedos cortados e os pins também sao frequentes neste estilo assim como as All Star nos pés. Isto tanta se aplica para os rapazes como mulheres, porém é apenas mais um  o que explica a dificuldade que algumas pessoas têm em distinguir os dois sexos. 

Emos, emos coloridos, From Uk, Hipsters são hoje ramificações de estilos passados que marcaram uma geração, seja ela musical ou não. Hoje, esses estilos, principalmente os emos, são influencias de moda e comportamento. Talvez, não como era antes, mas de uma forma que seja minimamente trabalhado para vender mas sem ter uma rotulação especifica de um gênero só.

Grupo: Ana Rusycki, Anna Caroline Augusto Pires, Gabrielle Ferst, Julyana Dal' bó e Matheus Urbano.

Um comentário:

Celina Alvetti disse...

ok

ao invés de cidadania (intertitulo), é mais adequado "identidade".