segunda-feira, 6 de outubro de 2014

A Teoria de Newsmaking

Antônio Hohlfeldt apresenta em seu texto um estudo sobre a perspectiva de newsmaking, que seria o processo pelo qual o assunto se torna notícia. O ‘’se tornar notícia’’ envolve também o processo de gatekeeping, que filtra e seleciona informações a fim de serem publicadas. Ambos os processos realizam uma parte importante no processo anterior a publicação da notícia.
                Newsmaking trabalha primeiramente com a hipótese que analisa a produção das informações, selecionando o que é notícia e a relação entre os profissionais e suas fontes. Sobre as fontes, Hohlfeldt as classifica como sendo institucional ou oficial, territorial ou regional, provisória ou estável, ativa ou passiva.
                As principais práticas destacadas na teoria do newsmaking são as de noticiabilidade, sistematização e valores-notícia, que podem ser definidas como:
Noticiabilidade: Critério que escolhe, entre inúmeros fatos, uma quantidade limitada de notícia.
Sistematização: Rotina de divisão das ações que envolvem a pauta, a reportagem e a edição.
Valores-notícia: Senso comum das redações. Qualquer jornalista sabe dizer o que é notícia ou não de acordo com o senso comum.

Podemos concluir que o newsmaking apresenta o porquê certo assunto se torna notícia, mostrando os fatores que influenciaram na seleção, desde o jornalista até chegar aos meios de comunicação.

Por Caroline Ribeiro

Um comentário:

Celina Alvetti disse...

ok
caberia explicar q, além do senso comum, existem critérios para definir o valor do fato para virar noticia.