segunda-feira, 27 de abril de 2015

A teoria do Newsmaking na Gazeta do Povo

Na reportagem analisada, tirada do site da “Gazeta do Povo”, o principal jornal do Paraná, intitulada “Prefeitura de Curitiba abre 460 vagas para médicos e guardas municipais”, pode-se observar as características da teoria do Newsmaking.

A matéria em si é composta por apenas quatro curtos parágrafos, em que informações básicas sobre os processos seletivos são apresentadas. Outros dados também são apresentados, como, por exemplo, o último concurso público para a Guarda Municipal, realizado em 2008, que contratou 186 guardas no ano seguinte. Importante notar que as datas das inscrições, assim como o site que deve ser acessado para participar do processo seletivo e a taxa que deve ser paga também foram claramente expostos na matéria.

Entretanto, o motivo pelo qual esta reportagem se coloca dentro da teoria do Newsmaking é que ela foi produzida de maneira “automática”. Apesar da matéria cumprir seu papel, de transmitir ao leitor as informações básicas sobre os concursos, ela não aprofunda nos detalhes, tratando, por exemplo, de como é realizada a prova, por exemplo.

O Newsmaking determina que os veículos de comunicação devem reconhecer quais acontecimentos podem ser notícia, além de organizar o modo como eles podem e devem ser tratados. O newsmaking centra-se no fato de que, na produção, na construção de uma notícia, este último não se refere apenas “à cobertura de um acontecimento particular, mas ao andamento normal da cobertura informativa por períodos prolongados” (Wolf, 1995, p.186).
A organização, para que o veículo possa se manter funcionando, é fundamental, e, por isso, as notícias são produzidas de maneira industrial. Isso faz com que o jornalista seja submisso a um planejamento produtivo, dando menor atenção a determinadas notícias, como no caso da reportagem analisada.


A matéria pode ser encontrada em: www.gazetadopovo.com.br/economia/prefeitura-de-curitiba-abre-460-vagas-para-medicos-e-guardas-municipais-9mcopj4iof8w6bny1o4ax21o4


                            
          

Grupo: Érika Lemes, José Luiz Júnior, Laura Alvarenga, Marina Cardoso e Paola Magni.     

                                       

Um comentário:

Celina Alvetti disse...

bacana terem buscado uma noticia atual para fazer a interpretação da teoria.
no entanto, dizer
" ... o motivo pelo qual esta reportagem se coloca dentro da teoria do Newsmaking é que ela foi produzida de maneira “automática”...", por ex,
é mais uma leitura do que uma constatação por meio de pesquisa, o que seria necessário, se quisessem demonstrar isso.
podemos falar mais a respeito, em sala, ok?