segunda-feira, 26 de setembro de 2016

O poder da internet

A internet, além de ter poder de filtragem e de disseminação de informações com potencial jornalístico, pode agrupar pessoas com mesmas ideologias. As manifestações ocorridas no Brasil são um exemplo, organizadas e divulgadas nas redes sociais, saíram do virtual para o real graças a esses poderes. 

Segundo o conceito jornalístico gatewatching, as redes sociais não produzem notícias, mas sim elementos noticiosos, e é o papel dos jornalistas observar esses elementos. De acordo com a pesquisadora Raquel Recuero, é preciso aprofundar os estudos de como as práticas sociais de difusão de informação nas redes sociais podem impactar as práticas jornalísticas e em que medida essas colaborações podem acontecer. 

Um dos grandes desafios dos jornalistas em cobrir manifestações consiste em questões operacionais em relação à verificação das informações. Além de tudo, quando a notícia é transmitida na televisão, ela pode acabar sofrendo cortes, e com isso, distorcendo alguns acontecimentos.



Por: Natalie Bollis e Fernanda Arantes - 3° Período

Nenhum comentário: